sexta-feira, 18 de abril de 2014

Favas

O faval deste ano. Sé há dois tamanhos, umas a colher e outras com cerca de 5 a 10 cm de altura. As que estamos a colher foram semeadas em Novembro. Desta vez não houve sementeira em Dezembro nem em Janeiro devido à chuva que não parou e a terra estava alagada. Fixava-se toda à enxada e quase não dava para cavar e fazer os regos.

DSC_0721DSC_0723DSC_0711DSC_0712DSC_0735DSC_0731

Mirtilos

Este ano já devemos ter frutos de mirtilo, a julgar pela quantidade abundante de flores.

DSC_0681DSC_0682DSC_0687DSC_0677DSC_0678DSC_0679DSC_0680

Alho-francês

Os alhos franceses estão a começar a espigar. Estão na terra à quase um ano. Escolhemos os melhores pés e deixamos para semente (umas dez plantas), dos outros vamos arrancando para comer consoante verificamos que começa o espigo. Entretanto já temos novas plantinhas prontas para transplantação.

DSCN7608DSCN7604

DSC_0828DSC_0827DSC_0869DSC_0874

Feijão

Um rego de feijão de vagem rajada semeado na estufa. Também experimentei semear no exterior, mas ainda não nasceu.

DSC_0835DSC_0817DSC_0819DSC_0824DSC_0858DSC_0850

Granadilha

São cerca de oito pés de granadilha, três plantados dentro da estufa e uns cinco plantados no exterior. São fruto de sementeira na Primavera do ano passado. Durante o Inverno perderam as folhas todas, mesmo os da estufa. Este ano já cresceu os caules e encheram-se de folhas. Também vou aguardar com uma mistura de curiosidade e ansiedade na espectativa do aparecimento das flores e posteriormente dos frutos.

DSC_0786DSC_0785DSC_0787DSC_0781